Viajar à origem dos vinhos ficou mais fácil

Mendoza

O enoturismo é uma atividade de viagem crescente no mundo. Mas nem sempre é simples agendar visitas a vinícolas (algumas são bem mal-humoradas para receber turistas) ou montar um roteiro de alguns dias para conhecer uma ou mais regiões. A novidade é o lançamento no Brasil de uma plataforma online, a Wine Paths, que lista excelentes estabelecimentos nas principais regiões vinícolas e também de destilados do mundo.

Os membros da Wine Paths incluem vinícolas e destilarias importantes, restaurantes de alta gastronomia, hotéis de luxo e agências de viagens locais com conhecimento especializado de cada região. A seleção contempla 13 países e mais de 90 destinos ao redor do globo e quem navega pelo site pode contatar especialistas para um itinerário feito sob medida ou reservar diretamente com os cerca de 300 membros selecionados. Eles estão na Argentina, Austrália, Chile, França, Itália, Estados Unidos (Napa Valley & Sonoma), Nova Zelândia, Portugal, África do Sul, Espanha e Uruguai.

Também fazem parte da seleção com curadoria da Wine Paths itinerários de uísque em célebres destilarias da Escócia e Irlanda, ou de Cognac, na região homônima francesa.

Os viajantes têm a liberdade de organizar o roteiro de duas maneiras: com um especialista da região ou por escolha pessoal. Nesse caso, o site (todo em inglês) oferece as ferramentas para entrar em contato com os membros participantes e reservar diretamente as visitas, degustações, estadias e mesas nos restaurantes.

Anúncios

Um comentário sobre “Viajar à origem dos vinhos ficou mais fácil

Os comentários estão desativados.